Normas e procedimentos

 

Treinandos

  • Cadastro: Qualquer servidor do quadro permanente (docente ou técnico-administrativo) poderá fazer o cadastro no treinamento/aperfeiçoamento desejado, site dos CDS. O cadastro é obrigatório para que o treinando possa se inscrever nos cursos ofertados pelos CDS.

  • Processo de inscrição: Para participar dos treinamentos é necessário que a chefia imediata aprove a solicitação de inscrição do servidor, sendo que a mesma avaliará a relevância dos treinamentos requeridos em função das atividades executadas por este. A chefia imediata também poderá fazer indicação de um treinamento especifico que julgue relevante, para a capacitação dos servidores.

  • Cancelamento: O treinando tem que informar sua desistência, com no mínimo 3 dias úteis de antecedência, encaminhando um email para a Coordenação dos CDS com a anuência da chefia imediata.

     

    Nos casos onde houver, reprovação por motivo de freqüência insuficiente; e desistência depois de efetuada a inscrição sem cumprimento do procedimento adequado, o servidor deverá ressarcir integralmente a instituição.

     

    Em qualquer das situações descritas, o mesmo estará automaticamente impedido de participar de eventos futuros (exceto os treinamentos do Aperfeiçoamento de Ambientação), pelo período de seis meses, a contar da data de encerramento da ação de capacitação.

  • Não poderão participar do treinamento: Os servidores que estejam em usufruto de férias, licença ou afastamento, durante o período do treinamento. Os servidores em usufruto de férias somente poderão participar das turmas mediante suspensão ou reprogramação das mesmas, nos termos da legislação vigente e Portaria n 660/2009. 

  • Competências: Não serão geradas cópias em papel de materiais e apostilas.

    Todo o material estará disponível no site, e será de total responsabilidade do treinando trazê-lo para o treinamento.

     

    Com base no Regulamento da Organização Didática, fica definido que a avaliação será realizada nas formas:
     

    I) frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) em cada treinamento;


    II) cada treinamento terá avaliação própria, preferencialmente na forma de prova, ministrada obrigatoriamente até o fim da treinamento. Avaliação menor que 60%(sessenta por cento) implica em reprovação na treinamento.

  • Certificado: O certificado do aperfeiçoamento será emitido após a conclusão de todos os treinamentos obrigatórios que compõem o aperfeiçoamento em questão.

     

    O treinando poderá solicitar a emissão do certificado referente aos  treinamentos optativos concluídos que serão emitidos individualmente. Neste caso os treinamentos optativos que forem certificados não poderão ser aproveitados no certificado do aperfeiçoamento.


    Somente será emitido o certificado de conclusão uma vez, indicando que o treinando encerrou o referido curso.

     

    Para receber o certificado é obrigatório que o treinando preencha corretamente o formulário referente a avaliação da qualidade, disponível após o termino do treinamento em nosso site. 

     

    Certificados individuais por treinamento só serão emitidos para pessoas que optarem em não realizar nenhum tipo de aperfeiçoamento, neste caso o certificado é de Curso de Curta Duração. Os certificados destes cursos possuem conteúdo e carga horária flexível e individualizado, de acordo com as treinamentos realizadas pelo treinando, entre as obrigatórias e as optativas.

  • Avaliação da Qualidade: Ao termino de cada treinamento são disponibilizados em nosso site dentro do menu Avaliação dos treinamentos,  formulários para que instrutores e treinandos possam avaliar a qualidade do treinamento.

    Estes resultados são consequentemente utilizados como critério para avaliação da qualidade e serão fatores importantes para futuras alterações ou não, dos treinamentos em questão. A Avaliação do treinamento é um requisito obrigatório para a emissão do certificado.

 

Instrutor

 

A seleção será realizada conforme diretrizes dos Editais Internos, qualquer servidor ativo (docente e TAE) pode se cadastrar como instrutor.

  • Remuneração: Os treinamentos internos previstos serão oferecidos com instrutores remunerados em conformidade com a Portaria nº 1.084 de 02 de setembro de 2008 do Ministério da Educação para pagamentos da Rubrica Cursos e Concursos.

     

    A princípio será pago ao instrutor o valor máximo da instrutoria (hora-aula) e a elaboração de material didático permitido pela portaria de Cursos e Concursos.

     

    Não haverá despesas diretas com materiais impressos, exceto pautas, avaliações e similares. Todo material deve ser colocado no site dos CDS ou disponibilizado eletronicamente pelo instrutor;

  • Competências: Treinamentos só serão agendadas mediante apresentação do material de aula: plano de aula, material a ser impresso, material de apoio e outros. Devem ser entregues atualizados (quando for o caso de atualização) com pelo menos 15(quinze) dias antes da realização da referida treinamento.

Materiais que devem ser impressos para assistir à treinamento: devem ser entregues à Coordenação do Curso obrigatoriamente em formato eletrônico (formato PDF), em arquivo único e com capa padrão do curso.


Materiais complementares devem ser entregues todos em formato eletrônico, e ser preferencialmente em PDF.


Não serão geradas cópias em papel de materiais e apostilas. Todo o material será disponibilizado no site. Caso o instrutor precise de algumas cópias para dinâmicas de aula, poderá fazê-lo.


Material entregue ficará em área específica de nosso site, não estando disponível para pesquisas via site de pesquisa ou público externo. A área do site é protegida por senha é só servidores do IFES terão acesso.


A avaliação dos treinandos deve ser entregue em até 05 dias úteis após a realização do Treinamento à Coordenação de Curso.


O cumprimento destes quesitos são mínimos obrigatórios para que possa ser liberado o pagamento ao instrutor da referida treinamento.

 

Treinamentos

 

Modalidades:

Os treinamentos podem ser realizados de forma presencial, semi-presencia, à distância ou autotreinamento. Sua escolha vai depender das necessidades e estratégias do treinamento em questão.

  • Presencial:  Oferece uma interação direta do professor ou instrutor com os participantes, ocorre dentro de um local e data previamente agendados.

  • Semi-Presencial: Sua carga horária e dividida entre aulas presenciais e  à distancia.

  • À distância: É uma modalidade de educação mediada por tecnologias em que alunos e professores estão separados espacial e/ou temporalmente, ou seja, não estão fisicamente presentes em um ambiente presencial de ensino-aprendizagem. Utiliza como suporte a internet para a realização dos estudos.

  • Autotreinamento: Ocorre quando o treinando já possui o conhecimento da disciplina ofertada. Neste caso e dever dos CDS avaliá-lo e se aprovado, reconhecer a competência já adquirida pelo servidor. 

     

    Computa igualmente carga horária para os Aperfeiçoamentos dos CDS e permite ao treinando a solicitação de

    certificação.

     

    A Coordenação dos CDS indicará um avaliador. O treinando fará então a avaliação, que comprovará que o mesmo atingiu os objetivos propostos. Essa avaliação, depois de realizada, deve ser corrigida, emitida a nota e enviada à Coordenação dos CDS pelo avaliador.

     

    É prevista remuneração para o avaliador de 01 (uma) hora/aula por processo de avaliação realizado 

 

Treinamento Interno:

Oferta treinamentos voltados à estratégia organizacional e às necessidades de competências da Instituição, por meio de  servidores internos, capazes de ministrar cursos de capacitação.

  • Aperfeiçoamento: Conjunto de treinamentos capazes de capacitar o servidor de forma significativa, afim de suprir as necessidades e os interesses da instituição.                                                                                                           

  • Treinamentos obrigatórias: uma vez inscritos em um aperfeiçoamento dos CDS, estes são os treinamentos que o treinando é obrigado a fazer para obter o certificado.

     

  • Treinamentos optativas: qualquer treinamento que não seja obrigatório para a conclusão do aperfeiçoamento inscrito.

  • Treinamentos isolados: quando o servidor deseja participar de um ou mais treinamentos, sem estar cadastrado em nenhum tipo de aperfeiçoamento. Neste caso o treinando receberá um certificado individual para cada curso realizado.

 

Treinamento no local de trabalho:

Os treinamentos no local de trabalho, devidamente pré-aprovados e homologados pela Coordenação dos CDS, computam igualmente carga horária para os Aperfeiçoamentos, neste caso funciona como um treinamento optativo, ou podem ser realizados como treinamento(s) isolado(s).

  • Objetivo: Desenvolver as competências requeridas ao desempenho da função, de modo tutorial, preferencialmente com os servidores que já trabalham na atividade a ser desenvolvida. Não é prevista remuneração para este tipo de atividade.

  • Procedimento: O tutor deve enviar o Plano de treinamento à Coordenação dos CDS com pelo menos 15 dias úteis antes do início previsto do treinamento no local de trabalho. O tutor deverá elaborar uma avaliação e após corrigida, enviá-la à Coordenação dos CDS, junto com o registro de avaliação e presença do treinando. 

 

Regiões

 

Região Central

Microrregião Metropolitana: Reitoria e os Campi Cariacica, Guarapari, Serra, Vila Velha e Vitória

Metrópole Expandida Sul: Campus Piúma

Sudoeste Serrana: Campus Venda Nova do Imigrante

Região Norte

Polo Linhares: Campi Aracruz e Linhares

Litoral Norte: Campus São Mateus

Região Noroeste

Polo Colatina: Campi Colatina e Itapina

Central Serrana: Campus Santa Teresa

Noroeste 2: Campus Nova Venécia

Região Sul

Polo Cachoeiro: Campus Cachoeiro de Itapemirim

Caparaó: Campi Alegre e Ibatiba